Page 66 - Comunicar na Republica

Basic HTML Version

66
I República – Liberdade em ação
a instalação de diversos postos de TSF no território
português. A 22 de maio chega à capital Guglielmo
Marconi.
Ainda é de referir que em 1910 o sistema Marconi é
adotado oficialmente pela Marinha, que constitui um
posto na Casa da Balança, em Lisboa.
As visitas
1912
«Marconi em Lisboa
Chegou ontem no rápido de Madrid, o inventor do
telégrafo sem fios.
Encontra-se em Lisboa o Sr. Guilherme Marconi, in-
ventor da telegrafia sem fios, cujo nome conseguiu,
mercê desse poderoso invento, tornar-se conhecido
no mundo científico, e em toda a humanidade./(...) O
Ilustre Inventor que se encontrava em Madrid, foi con-
vidado pelo Sr. Dr. Bernardino Machado a vir a Lis-
boa, convite que foi aceite, chegando ontem no rápido
daquela cidade, acompanhado pelo Sr. Dr. Bernardino
Machado, Marquez de Solari, Dr. Isac, diretor da com-
panhia em Londres, e dois secretários particulares./(...)
mente, já que os açorianos estavam apenas ligados
ao continente por um cabo submarino. Passados dois
anos, este contrato passa a efectivo.
É publicada em 1907
A Telegraphia sem Fios
2
da auto-
ria de Amadeu Vasconcelos.
Ficou registado que a partir deste momento efectiva-
ram-se muitas tentativas para a construção de equi-
pamentos de TSF que provocaram interferências nas
comunicações oficiais. Pondo-se esta questão aos
governantes, no ano seguinte é publicada a lei so-
bre os aparelhos de TSF, impedindo, por completo,
que estes fossem usados sem uma licença concedida
pela Direção-geral dos Correios, Telégrafos e Faróis.
Só em 1912, e já com a Direção-geral de Correios e
Telégrafos, é emitida a primeira licença a um ama-
dor, Alberto Carlos de Oliveira, residente em Cabo
Verde. No mesmo ano, dá-se, em termos oficiais, o
primeiro contacto com a Companhia Marconi para
2. Nas primeiras décadas do século XX publicam-se em Por-
tugal, o que prova o interesse crescente sobre a temática das
telecomunicações em particular da TSF, diversas obras rela-
cionadas com a TSF, sendo exemplos:
Noções Gerais de Tele-
grafia sem Fios
, de Manuel Soares Mello e Simas, 1912;
Curso
de Telegrafia sem Fios: TSF em 24 Lições
, de 1916;
A Telefonia e a
Telegrafia sem Fios para o Amador: Tratado de Iniciação de TSF
,
de Luís de Sequeira Oliva Júnior.
Marconi no Rossio em 1912.
FPC