Page 49 - Comunicar na Republica

Basic HTML Version

49
I República – Liberdade em ação
aristocracia derrotada mas não dominada; a Igreja,
contestada nos seus privilégios e inf luência.
O Exército acaba por impor o seu destino, faz-se pa-
ladino de uma nova ordem e desencadeia o golpe
militar de 28 de maio de 1926 que põe f im às liber-
dades cívicas e institui uma ditadura. Mas algumas
das mudanças estruturais e avanços tecnológicos
que a I República conseguiu levar à prática acaba-
ram por subsistir e moldar o longo período que se
lhe seguiu.
Época de rutura, cadinho de inovação, a I Repúbli-
ca iludiu muitas das esperanças nela depositadas: a
dos trabalhadores, forçados a emigrar acossados pela
fome e pela falta de acesso eleitoral à
res publica
; a
das mulheres a quem foi negado o direito de voto;
a da pequena burguesia urbana açoitada pela insta-
bilidade, pela carestia, muitas vezes pela traição dos
líderes dos partidos republicanos de que fora o prin-
cipal sustentáculo. Mas foi sempre, também, severa-
mente atacada pelos seus inimigos declarados: uma
FPC