Marvila 2022 – O Postal de Lisboa

Foi em 1957 que o bairro de Marvila, situado em Lisboa, começou a organizar a sua marcha popular. Ao longo dos anos apresentaram vários temas sobre o bairro, sempre com o intuito de revelar a sua história, hábitos e tradições.

Este ano não foi exceção. Marvila apresentou-se como o postal de Lisboa. E é com grande entusiasmo que agradecemos à Marcha de Marvila e à Sociedade Musical 3 D`Agosto 1885 a oferta à Fundação Portuguesa das Comunicações dos figurinos, masculino e feminino e arco da marcha deste ano, alusivos à importância do postal como meio de comunicação e divulgação de pessoas e lugares.

O sítio de Marvila é dos bairros mais típicos da zona oriental da cidade. Até ao século XIX era composto por vastas quintas com produção hortícola. Estas propriedades eram exploradas na sua maioria por habitantes do norte do país que com o seu trabalho abasteciam os mercados ambulantes espalhados pelo bairro, pela vizinhança e mais tarde por toda a capital.

Atualmente, Marvila apresenta-se como o novo polo artístico da cidade, acolhendo novas empresas e empreendedores e fazendo parte integrante do roteiro turístico de Lisboa, com novas atrações culturais e múltiplas iniciativas criativas.

E foi esse mesmo argumento que justificou a escolha do tema deste ano: ” Marvila passa a ter uma maior importância para a visibilidade da cidade de Lisboa, sendo assim um postal de Lisboa. Do postal antigo das paisagens verdejantes, das suas quintas e do seu meio rural para um postal moderno, colorido cheio de vida de um bairro que se modernizou sem perder as suas tradições. Recriamos assim um postal, por um lado citadino de Lisboa, mas não esquecendo a nossa paisagem como bairro que será apresentada a pensar na sustentabilidade e no aproveitamento de materiais. Marvila, o postal de Lisboa é o casamento perfeito do nosso bairro com a cidade, preparado a rigor para a maior festa do país – as marchas populares. “

A referência ao postal está também no refrão da marcha:

“Três palavras só pra te dizer
Que está tudo bem e a preceito
E neste postal ilustrado
Podes ver
Tudo é perfeito

Já colei o selo no postal
Que te mando do paraíso
Que me tem encantado
Tal e qual
Como o teu sorriso.”

Figurinista e cenógrafo: Paulo Julião

 

Fontes: Marvila 2022 – Sociedade Musical 3 D´agosto 1885 e Marchas Populares de Lisboa 2022