Gutenberg e o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Celebra-se hoje o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. O desenvolvimento da imprensa escrita foi impulsionado pelo prelo de Gutenberg que marcou o início da impressão e difusão do conhecimento na Europa. A tecnologia de impressão de Gutenberg espalhou-se rapidamente pelo mundo e partir do século XVIII foi usada para imprimir jornais.

Divulgamos por isso nesta data uma foto da réplica do Prelo de Gutenberg, à escala real, uma cópia construída nas oficinas de Gutenberg, na Alemanha. Este património encontra-se à guarda da Fundação Portuguesa das Comunicações.

Atualmente, esta peça não está no Museu das Comunicações, encontra-se na “Exposição para a Difusão do Conhecimento – Núcleo Histórico da Imprensa de Gutenberg e do Pentateuco de Faro” na antiga capela do Paço Episcopal de Faro.

As Nações Unidas que proclamaram o  dia 3 de maio como o dia mundial da liberdade de imprensa pretendem que neste dia, todos os anos, seja feita uma análise e reflexão sobre a importância da liberdade de imprensa no mundo. Para o efeito foi criado um grupo de trabalho que monitoriza a capacidade de trabalho livre e independente dos media.