21 Inventores portugueses no Museu das Comunicações

No Dia Nacional da Cultura Científica divulgamos os inventores que criaram alguns dos equipamentos presentes no Museu das Comunicações.

Os nomes listados neste artigo introduziram em Portugal descobertas feitas em países mais avançados tecnologicamente no setor das comunicações telegráficas e telefónicas. As suas experiências e criações foram registadas em documentação existente no arquivo histórico presente na Fundação Portuguesa das Comunicações.

Para conseguirem criar os seus aparelhos estes inventores estudaram a fundo os equipamentos que chegavam do exterior, conseguindo melhorar o seu rendimento com inovações da sua criação. Muito poucos viram o seu esforço premiado com o apreço de colegas e superiores.

Infelizmente, alguns dos aparelhos não chegaram até nós, prova do desinteresse a que foram votados, chegando alguns a desistir das suas ideias. Outros conseguiram registar as suas patentes. Os 21 inventores que aqui apresentamos desenvolveram o seu trabalho entre 1838 e 1925.

1. Cristiano Augusto Bramão
Criador de três aparelhos telegráficos, dois galvanómetros, uma mesa telegráfica, um telefone de mesa e um telefone de pilhas.

2. Maximiliano Augusto Herrmann
Introduziu no recetor morse profundas alterações de caracter técnico. O recetor tornou-se mais simples, e regular.

3. Francisco Xavier de Carvalho
Maquina perfuradora portátil em forma de estrela usada na inutilização dos selos dos telegramas.

4. Luís Albino da Silva Leitão
Ampliação do recetor morse.

5. José Lázaro dos Santos
Ampliação do recetor morse.

6. João José Rato
Transmissor comutador.

7. José Tavares
Pilha vegetal e transmissor de duas direções.

8. José Bento Dragazzi de Figueiredo
Transmissor comutador de três direções.

9. Joaquim José de Almeida
Aparelho elétrico telegráfico destinado a transmitir discursos.

10. João Nunes Diabinho
Aparelho telegráfico / despertador translator.

11. Anselmo José Duarte
Dois comutadores de tipo bávaro.

12. João Ferreira da Fonseca
Comutador redondo que simplifica a montagem mesa telegráfica.

13. Luís Campos Fragoso
Vibrador duplo que substitui o despertador de duas direções.

14. J.J Ribeiro
Inventor do dinamómetro.

15. José Francisco de Paula Ataíde
Criador do inclinómetro , um aparelho para a via férrea, aplicado em ascensores elétricos.

16. Francisco Paulo dos Santos Mendonça
Inventor do regulador que resolvia o problema das grandes variações de voltagem da nossa rede de alimentação e do comutador de 20 direções.

17. Cassiano Maria de Oliveira 
Criador da mesa telegráfica – tipo, de novos modelos de translatores telegráficos e novos tipos de ferragem para consolidação dos postes telegráficos. Ficou conhecido pela invenção do esticador de espias, que passou a ser designado por o Cassiano.

18. António dos Santos
Sistema telegráfico impressor Hughes duplo.

19. Álvaro Contreiras Nunes
Comutador auto-tele-mecânico destinado a comandar o Hughes à distância.

20. Veríssimo Alves Pereira 
Criador do relógio universal presente na antiga Estação dos Telégrafos existente no Terreiro do Paço. Um relógio que dava a hora local e marcava também as horas em qualquer parte do globo.

21. Lourenço Antonio de Araújo
Balança para pesar cartas estrangeiras. Deixa de ser preciso calcular o peso em função da distância, evitando-se erros no cálculos.