Cartas ao Pai Natal

A iniciativa Cartas ao Pai Natal surgiu em 1985 em resposta às várias cartas destinadas ao Pai Natal que todos os anos chegavam aos CTT, as quais, por não terem endereço do destinatário ou por o mesmo ser insuficiente, desconhecido ou inexistente, acabavam nos Refugos Postais onde eram destruídas.

No primeiro ano da iniciativa chegaram aos Correios mais de duas mil cartas, e em 2008 esse número chegou perto das 300 mil cartas. Essas cartas são encaminhadas para uma equipa especialmente dedicada ao tratamento e logística da operação.

O “Pai Natal dos Correios”, que até já recebeu cartas de crianças espanholas, irlandesas, suíças e timorenses, responde a todas as cartas juntamente com uma lembrança, mas para isso é muito importante que o remetente seja bem legível.

As cartas agora em exposição são uma autêntica viagem à imaginação de quem as escreve, lembrando os sonhos e desejos das crianças na época do Natal.

10 Outubro – 15 Janeiro 2010

  • 9 Outubro, 2009