O Ponto Perfeito, de Maria Pia Oliveira

“O Perfeito não é encontrado numa ordem material, mas na busca dela”, de James Lee Byars, foi o mote para o projeto expositivo de Maria Pia Oliveira, “O Ponto Perfeito”, nos suportes de instalação, escultura e desenho. O Cosmos, a esfera, o ponto e a palavra estão na base formal

CONTINUAR A LER

Comunicar, ligar, unir

No âmbito dos 30 anos de atividade da ANACOM pode visitar-se a exposição fotográfica “Comunicar, ligar, unir”, com as imagens vencedoras do concurso nacional de fotografia organizado pela ANACOM em parceria com a VISÃO, com o objetivo de sublinhar o papel das comunicações (eletrónicas ou postais) no estreitamento das relações

CONTINUAR A LER

A Cor dos Selos, de João Machado

João Machado trabalha com a Filatelia dos CTT há mais de três décadas. A sua primeira experiência foi em 1987, convidado por Luiz Duran – diretor de arte dos CTT na altura – para realizar a emissão dedicada ao Centenário do Disco. Depois desse bloco filatélico, executou mais de cinquenta

CONTINUAR A LER

NUCA, de Fernando Roussado

“Nuca é o termo utilizado para nos expressarmos sobre a zona do pescoço onde se encontra a ligação da primeira vértebra cervical com o crânio. O nome desta vértebra [Atlas] é também o nome de um titã, da mitologia grega, que terá sido coagido por Zeus a carregar o céu.

CONTINUAR A LER

Sentir a Fotografia, da ACIS

A Fundação Portuguesa das Comunicações acolhe trabalhos de 12 fotógrafos participantes na 8ª Exposição do Seminário “Sentir a Fotografia”, da ACIS (Associação das Comunicações – Instituto Sénior, sob o tema “A Comunicação”. A curadoria é de Marina Gorlier, coordenadora do Seminário. Os trabalhos apresentados na mostra são o resultado do

CONTINUAR A LER

MOVIMENTO, de Claudio Cardoso

No trabalho de Claudio Cardoso a afirmação de que “O todo é diferente da soma das partes” encontra firme sustentação nos princípios de Gestalt, é possível encontrar dois grandes núcleos na obra do artista, o Movimento Natural e o Movimento Percepcionado. O Movimento Natural registado quer pela fotografia sequencial, quer

CONTINUAR A LER

Comunicar em selos | Do Telégrafo à Modernidade

Sendo a comunicação um aspeto marcadamente humano, a necessidade de comunicar à distância impulsionou a inovação. Esta exposição inicia com a obra «Espera» de Nuno Sousa Vieira, inspirada no telégrafo visual de palhetas, invenção de uso militar introduzida durante a Guerra Peninsular pela necessidade de transmissão de informações de forma

CONTINUAR A LER

Estações terrenas de radiocomunicações

Em diálogo com a visão artística exposta na Galeria Central, recorre-se ao património de Telecomunicações da FPC para destacar a importância das radiocomunicações no desenvolvimento da sociedade de informação, onde a comunicação a longas distâncias se tornou um hábito tão recorrente que nem se questiona o papel fundamental que esta

CONTINUAR A LER

As viagens de Paulo V., de Henrique Vieira Ribeiro

A exposição “As viagens de Paulo V.”, apresenta obras que remetem para um olhar sobre o gesto iniciático, o simbolismo, e consequentes viagens virtuais que a prática do radioamadorismo potencia. Este projeto, iniciado em 2014, foi dividido em dois momentos, correspondendo esta mostra ao primeiro desses momentos – projeto CT1LN:

CONTINUAR A LER

Uma imagem solidária

A iniciativa “Uma Imagem Solidária” regressa à Fundação Portuguesa das Comunicações no próximo dia 10 de maio, a partir das 18h, reunindo fotojornalistas e fotógrafos numa mostra de fotografias, com o objetivo de apoiar a associação Inovar Autismo – Associação de cidadania e inclusão. Nesse dia, e só nesse dia,

CONTINUAR A LER