“poetry as art as poetry” de Pedro Proença

A Fundação Portuguesa das Comunicações, em parceria com a Galeria Bessa Pereira, tem o prazer de o convidar para a exposição do artista Pedro Proença, sob o pseudónimo de John Rindpest, intitulada “poetry as art as poetry”.

A exposição inaugura na Galeria Central da Fundação no próximo dia 30 de janeiro, às 18h30, e fica patente até 3 de março.

Segundo fonte da Galeria Bessa Pereira, a exposição é composta por delirantes instalações tipográficas, na qual o espaço devém ao mesmo tempo ornamento e livro, um convite à viagem e experiência poética, comentário às “artes frias” com passagem por antigas grécias.

Os trabalhos apresentados nasceram de um livro composto por falsas instalações que o artista fez publicar on-line sob o nome de John Rindpest em “googlingês”. O falso, o virtual e o paródico invertem-se e tornam-se reais, concretos, sérios.