Fundação

A Fundação Portuguesa das Comunicações é a herdeira e guardiã do vastíssimo e riquíssimo património histórico, científico e tecnológico das comunicações em Portugal, sector com mais de 500 anos de atividade postal e 200 anos de atividade de telecomunicações.
A coleção da Fundação integra, ainda, obras de arte e bilhetes postais dos Correios. Apresenta, também, uma vasta coleção de desenhos originais de selos, bem como a Coleção de Selos de Portugal, cujo primeiro exemplar remonta a 1853 e a coleção de selos do ex-ultramar.

O Património encontra-se agrupado em três grandes coleções: a Postal, a de Telecomunicações e a Artística e Filatélica, e está maioritariamente disponível ao público tanto nas exposições do Museu das Comunicações, como no site da Fundação, através dos Catálogos Digitais.

O Centro de Documentação e Informação da Fundação gere todo o seu património documental, nomeadamente o Arquivo Histórico, o Arquivo Iconográfico e a Biblioteca.
A Biblioteca é detentora de um vasto património documental, sendo as suas primeiras obras e documentação de 1877.
Uma das missões da Fundação tem sido sempre o aprofundamento da temática das Comunicações com o objetivo primordial de apoio à investigação, ao ensino e a outros fins relacionados com a História e Tecnologia das Comunicações.
Também as obras e documentação podem ser consultadas nos Catálogos Digitais disponíveis no site da Fundação, no site da Europeana e, ainda, nas redes sociais.